Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Premiação

Publicado: Segunda, 30 de Novembro de 2015, 08h53
imagem sem descrição.

O projeto “CALÇADA PARA TODOS”, elaborado pelo IPPUL, surgiu da necessidade de melhoria das condições de acessibilidade e mobilidade nos deslocamentos diários realizados nas calçadas da cidade de Londrina, visando garantir maior liberdade e autonomia aos pedestres em suas atividades cotidianas.

Os procedimentos realizados pelos técnicos da Prefeitura foram resumidamente registrados no artigo “Calçada para Todos - Um Programa de Acessibilidade para a Cidade de Londrina”, publicado e apresentado em 2007 durante o 16° Congresso Brasileiro de Transporte e Trânsito:

1ª Etapa: Avaliação das condições das calçadas na cidade
2ª Etapa: Reuniões com entidades representativas das pessoas com deficiência
3ª Etapa: Definição dos padrões de calçada em Londrina
4ª Etapa: Elaboração do Manual de Procedimentos para Construção de Calçadas
5ª Etapa:Sensibilização dos empresários e técnicos de engenharia e arquitetura
6ª Etapa: Conscientização da comunidade londrinense
7ª Etapa: Elaboração de projetos em parcerias público-privado
8ª Etapa:Alteração da legislação municipal sobre calçadas

Em outubro de 2008, o CTS - Centro de Transporte Sustentável da Cidade do México elegeu o projeto “CALÇADA PARA TODOS” de Londrina como ganhador do III Concurso Cidades Ativas e Saudáveis na categoria Espaço Público e Cultura Cidadã.

Foto do evento Foto do evento

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Concurso Ciudades Activas y Saludables: Londrina, Brasil, Espacio público y cultura ciudadana: un tercio de los trayectos diarios en la ciudad de Londrina se hacen a pie. A pesar de su gran número de peatones, había una notable falta de aceras seguras y accesibles en la ciudad. El proyecto "Calçada para Todos (Acera para Todos)" rectificó este problema al iniciar una campaña de ocho etapas para mejorar las aceras de la ciudad. El compromiso incluyó la creación de nuevas regulaciones que ordenan que las aceras sean más accesibles para las personas con discapacidades, y que se eduque a las comunidades y a las empresas constructoras sobre cómo debe ser una acera accesible.

registrado em:
Fim do conteúdo da página